top of page

Marketing de Conteúdo e Educação do Paciente

O papel dos ortodontistas evoluiu muito para além da elaboração de diagnósticos, planeamento e execução do tratamento.

Créditos: LinkedIN


No domínio dos cuidados de saúde modernos, em que os doentes são mais proactivos e conhecedores em relação à sua saúde e às opções de tratamento, a intervenção em clínica inclui educar os pacientes sobre as suas condições, opções de tratamento e bem-estar geral.


É aqui que entra em jogo a combincação entre o marketing de conteúdos e a educação dos pacientes. Ao oferecer conteúdo valioso e informativo, as práticas de cuidados de saúde podem estabelecer-se como autoridades, ao mesmo tempo que dão aos pacientes a possibilidade de tomarem decisões informadas sobre a sua saúde.

O poder do Marketing de Conteúdo nos cuidados de saúde

O marketing de conteúdos envolve a criação e partilha de conteúdos relevantes e valiosos para envolver e educar um público específico. No contexto dos cuidados de saúde, este conteúdo pode assumir várias formas, como publicações em blogues, vídeos, infografias e podcasts. Quando os prestadores de cuidados de saúde adoptam o marketing de conteúdos, posicionam-se como fontes de informação fiáveis, ganhando a confiança do seu público-alvo.

Na era da sobrecarga de informação, os doentes apreciam as práticas de cuidados de saúde que se distanciam do ruído e fornecem informações facilmente compreensíveis, exactas e credíveis. Por exemplo, uma clínica de ortodontia pode criar uma série de artigos sobre as más oclusões mais comuns, tipos de tratamentos, hábitos de cuidados diários e a importância de realizarem consultas de diagnóstico. Ao fornecer este tipo de conteúdo de forma consistente, a clínica não só apresenta os seus conhecimentos, como também demonstra uma preocupação genuína com o bem-estar dos pacientes.

Pacientes instruídos: Parceiros nos cuidados de saúde

A educação dos pacientes vai além da simples transmissão de informações; permite que participem ativamente no seu percurso de cuidados de saúde. Os pacientes informados têm mais probabilidades de aderir a planos de tratamento, seguir medidas preventivas e comunicar eficazmente com os profissionais de saúde. Os conteúdos que explicam os conceitos médicos em termos leigos, descrevem as opções de tratamento e oferecem informações sobre como manter um estilo de vida saudável, podendo contribuir significativamente para o bem-estar geral dos pacientes.

Créditos: Websource


O papel do conteúdo centrado no paciente

Para fundir eficazmente o marketing de conteúdos com a educação dos pacientes, os ortodontistas devem adotar uma abordagem centrada no paciente. Isto significa abordar as necessidades, preocupações e questões específicas do seu público-alvo. Pesquisar as dúvidas mais comuns dos pacientes e abordá-las em peças de conteúdo promove um sentimento de ligação e confiança.

Por exemplo, uma clínica de ortodontia pode criar uma série de vídeos que demonstrem procedimentos simples. Ao abordar diretamente as preocupações que os potenciais pacientes possam ter, a clínica demonstra o seu empenho em melhorar a vida dos pacientes, mesmo antes de estes entrarem na clínica.

Em conclusão, a fusão do marketing de conteúdos e da educação dos doentes cria uma ferramenta poderosa para os ortodontistas estabelecerem autoridade e criarem confiança. Ao oferecer informações valiosas e facilmente compreensíveis, as práticas clínicas ortodônticas podem posicionar-se como fontes de conhecimento, atraindo e retendo pacientes que procuram conhecimentos médicos especializados e cuidados centrados em si.


Numa época em que a informação é abundante mas nem sempre exacta, os profissionais de ortodontia que dão prioridade à educação do seu público contribuem para uma sociedade mais saudável e mais bem informada.


Não sabe como fazer? Pergunte-nos como e ajudamos na criação de uma estratégia personalizada.


Fontes:

  1. Hibbard, J. H., & Greene, J. (2013). "What the evidence shows about patient activation: better health outcomes and care experiences; fewer data on costs." Health affairs, 32(2), 207-214. (https://www.healthaffairs.org/doi/10.1377/hlthaff.2012.1061)

  2. "What Is Content Marketing?". Content Marketing Institute. https://contentmarketinginstitute.com/what-is-content-marketing/

3 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
bottom of page